O que é uma câmera termográfica e quando ela pode ser útil

A câmera termográfica tem ganhado cada vez mais espaço em diversas áreas de atuação, como é o caso da construção civil. Esse equipamento é muito eficaz em identificar vazamentos na parte interna de paredes, por exemplo.

Para usar uma câmera térmica de maneira adequada, é fundamental que você entenda o que ela é, como funciona e quais suas principais aplicações. Confira! 

O que é câmera termográfica?

Uma câmera termográfica, ou câmera térmica, nada mais é do que um aparelho que possibilita a captura de luz infravermelha com o objetivo de transformá-la em uma faixa visível do espectro. Ou seja, através dela você consegue enxergar as imagens que são feitas a partir da radiação que um determinado objeto emite.

Além disso, esse tipo de equipamento funciona com distâncias de onda presentes na zona do infravermelho térmico. 

Tipos de sensores

Existem dois tipos de sensores usados em uma câmera térmica: o refrigerado e o não refrigerado. O primeiro deles fica posicionado dentro de uma caixa selada a vácuo que costuma ser resfriada de forma criogênica com nitrogênio. 

É fundamental que exista tal resfriamento para que o bom funcionamento dos componentes semicondutores utilizados seja possível. Caso contrário, tais materiais deixariam de funcionar por conta da sua própria radiação. 

Uma das principais vantagens desse tipo de sensor em uma câmera termográfica é que a sua resolução tende a ser maior. Isso acaba permitindo a captação de imagens infravermelhas em distâncias grandes e com uma alta quantidade de detalhes. 

O sensor não refrigerado, por sua vez, funciona em temperatura ambiente. Dessa forma, o seu funcionamento se dá baseado na variação de resistência ou de tensão no momento em que ele é aquecido pela luz infravermelha. Assim, tais oscilações são devidamente contrastadas com os valores da temperatura de funcionamento do sensor da câmera térmica.

Sendo assim, o sensor refrigerado costuma ser mais caro do que o não refrigerado, principalmente por conta do seu funcionamento mais complexo.

Como a câmera termográfica funciona?

A câmera termográfica é capaz de captar imagens emitidas através da radiação infravermelha. 

Todo corpo que possui uma temperatura acima do zero absoluto emite luz infravermelha. Dessa maneira, quanto maior a radiação emitida, maior será a temperatura do corpo em questão. Esse tipo de luz não pode ser vista a olho nu por estar fora da zona da luz visível.

Assim, o sensor da câmera termográfica altera a sua resistência elétrica com o objetivo de receber tal radiação. Com isso, a resistência é capaz de identificar e igualar a temperatura a uma determinada cor pré-definida. A sobreposição de tais cores é capaz de gerar uma imagem visível ao olho humano.

Aplicações

A câmera termográfica pode ser utilizada em diversos setores para variados fins. Tais nichos de atuação vão desde a construção civil até a medicina e a indústria. 

Suas principais utilidades são:

  • Aquecimento de componentes elétricos com defeito;
  • Fricção em máquinas motores;
  • Falhas em isolamento;
  • Identificação de vazamentos dentro de paredes sem a necessidade de quebrá-las;
  • Desequilíbrios nas cargas;
  • Controle de qualidade em processos industriais;
  • Sobrecargas em circuitos;
  • Conexões feitas de maneira irregular;
  • Prevenção de incêndios;
  • Reações químicas;
  • Detecção e estudo de umidade em diversos ambientes;
  • Detecção de lesões por aumento de fluxo sanguíneo;
  • Análises médicas não invasivas.

Câmera termográfica é com a Instrutemp!

A Instrutemp possui vários modelos de câmera termográfica à sua disposição, cada um adequado a diferentes necessidades. Assim, você conta com equipamentos de qualidade para o dia a dia das suas atividades. Um exemplo é a primeira câmera térmica de bolso do mundo.

Fale agora mesmo com a nossa equipe e receba ajuda para escolher o modelo mais eficiente para você. Clique aqui e fale conosco ou conheça a nossa linha.

 

Fale Conosco no WhatsApp